Teaholics: Workshop de Chás

“Chááá
Chá da Índia, chá da Pérsia, chá Chinês
Camomila, Erva doce e Hortelã”

Pois é, com o Inverno frio e chuvoso, apetece uma chávena de chá quente acompanhada de uns bolinhos secos ou uma fatia de bolo caseiro ,e com isto o NAve proporcionou-nos no passado Sábado mais um evento interessante: um workshop de chás com o “Mestre” Rui Duque. Devo dizer que aprendemos muitas coisas novas. Aqui vão umas breves curiosidades adquiridas no workshop.

Chá é a bebida mais bebida do Mundo e a forma mais segura de se beber água. Os países que mais produzem chá são a China e a Índia, no entanto, a Turquia também é grande produtora de chá, mas para consumo interno. Portugal também produz chá, mas só nos Açores, sendo estas consideradas as únicas explorações de chá da Europa.

A planta do chá é a Camellia sisensis, conhecida por chazeiro, existindo mais de 10000 tipos de chá . Durante o workshop experimentamos mais de 10 infusões diferentes.

A palavra chá refere-se normalmente a infusões de folhas, flores ou frutos de várias plantas, tais como camomila, tília ou cidreira, para além das próprias folhas da planta do chá. Entre nós, é também muito popular o “chá de limão”, obtido a partir da casca desse fruto.

Existem as infusões ou tisanas, mas só devemos chamar de chá os que forem feitos a partir das folhas da Camellia sinensis. Esta planta é a base do chá preto, verde ou oolongs. Tudo o resto que é feito a partir de plantas secas, que são na realidade uma tisana ou infusão.

Durante a degustação das infusões, preenchemos um pequeno quiz sobre as mesmas para testar quem tinha o paladar mais apurado. Vimos uma selecção de fotos das últimas actividades do NAve e tivemos ainda a oportunidade de jogar speedminton.

WorkshopCha

Mesmo já passando algum tempo das 5 da tarde, vai um chá?!!! Porque não…

Texto e fotos: Pauline Dervechian